24 de abr de 2011

Não me julgue pela roupa que visto ou pelo que aparento ser, e sim pelo o que eu realmente sou pois talvez assim você ainda possa ter algum direito de falar alguma coisa .
Não aponte o dedo pra me julgar se não tiver um motivo concreto ou se não me conhecer, pois aparências enganam e palavras são como tatuagens, dificilmente são apagadas. Sei que não sou perfeita e que tenho milhares defeitos e que sempre vai ter alguém incomodado comigo, mais fazer o que? como dizem, "nem Deus nasceu pra agradar a todos" mais uma coisa é certa, se quer falar de mim, que seja na minha cara e não nas minhas costas, pois ai sim você de alguma forma poderá ter razão.

2 comentários:

  1. Era tudo q eu tava precisando definiu oq eu estava sentindo em curtas palavras. Adorei me identifiquei!

    ResponderExcluir
  2. poxa...daora,tudo que eu precisava neste exato momento...vlw ><
    continue assim,pois vc vai longe...abração \o/

    ResponderExcluir