1 de fev de 2013

desabafo em um dia de TPM;





Sabe, faz um bom tempo que não venho aqui. Meses, se brincar, até mais de um ano. Mais a verdade é que hoje, em especial, eu senti necessidade de escrever. Talvez por não ter ninguém pra conversar no momento... não sei.
Hoje é um dia que eu me encontro PÉSSIMA. Na pior. Minha vontade era só sumir ou ter um colo para me esconder, mais não. Hoje eu só tenho uma tela de computador e um blog quase não utilizado a quem eu pude recorrer. O porque de me sentir assim? Na verdade, nem eu sei direito. Uma confusão múltipla de sentimentos bons e ruins. Confesso que mais ruins do que bons. Acredito que seja a tal da TPM que chegou e me domou. Os sentimentos e os pensamentos estão a 'flor da pele'. Não sei nem pra quem eu to escrevendo, acho que apenas pra mim. Mais eu preciso disso no momento. To exausta, no ápice de uma explosão de sentimentos, se é que dá pra explicar dessa maneira.

Acho que falei, falei e ainda não cheguei ao ponto em que realmente importa. Mais eu chegarei lá.  Ou não.
Estou em uma fase que até um 'bom dia' faz grande diferença pra mim. Pra quem não me conhece, eu explico... sou o tipo de pessoa muito intensa com tudo que faço. Porém, é como sempre digo: ou eu sinto muito ou não sinto absolutamente nada. Quase sempre sinto tudo e mais um pouco e é isso que torna certos sentimentos ainda mais dolorosos e intensos. Eu não sei porque hoje eles resolveram doer mais do que o normal. Pra falar a verdade não sei dizer nem quais sentimentos estão doendo tanto assim no momento.
To triste, MUITO triste. Acho que no fundo, eu só queria alguém aqui, do meu lado, uma amiga ou quem quer que fosse. Eu só não queria estar me sentindo uma idiota por estar desabafando com um computador ou com pessoas que talvez um dia cheguem a visitar aqui e ler isso sem nem me conhecer, quando eu poderia estar deitada no colo de alguém que se precisasse de mim pro que quer que fosse, eu estaria lá, de prontidão a todo e qualquer momento. Mais nem tudo é da maneira em que a gente deseja que seja. Talvez eu precise disso, me sentir sozinha, me isolar no meu mundo, louco, bagunçado e estranho aos olhos de muitos que veem, mas normal pra mim. Talvez ser normal seja ser meio louca pra mim. Mais eu não ligo, já vi em filme e uma pessoa já me disse que as melhores pessoas são as loucas, louquinhas... Um segredo sobre mim? minha mente gira 54685km por hora e meus pensamentos vão além da capacidade normal de 'super lotação' rs. Talvez por ser observadora e muito sentimentalista.
No momento, não tenho um motivo certo para estar assim. Não é dor do coração, porque ele se encontra meio 'off' de novas aventuras sabe? Claro que guarda seus segredos, suas borboletinhas. Mais que coração não guarda segredos? Mais isso já é caso antigo. É meio que dor da 'solidão' sabe? Não sei se essa seria a palavra certa para usar, mas foi a mais conveniênte pro momento. Eu reclamo tanto da bipolaridade das pessoas mais as vezes EU é quem tenho um instinto bipolar rs
Posso dizer apenas que minha mente ta a mil e que me sinto frustrada por não encontrar o verdadeiro motivo de me sentir assim. Talvez eu até saiba, mais no momento, não consigo reconhece-lo. 
enfim... eu precisava disso. Precisava 'conversar' com alguém, ou melhor, precisava que alguém só me ouvisse e como no momento me vi sozinha, recorri ao blog. Espero que eu consiga ser mais presente aqui no ano de 2013, apesar de que será um ano mais atarefado do que os outros que se foram. Mais darei um jeito.
E peço desculpas por ter te feito perder minutos lendo algo que ao chegar aqui provavelmente não irá ter intendido nada e me achará uma louca rs mais eu sou mesmo. Tudo bem que a TPM complicou um pouco mais as coisas. Mas relevem...
Esse foi só um desabafo de uma garota com a velha e conhecida crise de TPM.

Boa noite ;*

7 de jun de 2012

Amor a distância;


É, quando se é pra falar sobre distância, a coisa fica um pouco mais "complicada". rs
Confesso que eu, particularmente, não sei bem o que é isso, nunca estive na pele ou vivenciei algo do tipo, porém, tenho alguém bem próximo (BEM próximo mesmo) que está passando por isso e eu meio que acabo estando 'dentro' da situação.
Ao meu ver, não acredito nessa de que tenha realmente que ter tido algum contato físico para que duas pessoas possam ser atraídas uma pela outra, basta uma palavra, um sentimento em comum; Acredito eu que, quando é para acontecer não tem barreira no mundo que impeça.
Difícil? Nunca ouvi alguém dizer que é fácil. Acredito eu que essa seja uma das atitudes mais maduras que duas pessoas resolvem tomar pois, a partir do momento em que se assume um relacionamento a distância, a pessoa passa a conviver com a incerteza de tão esperado encontro (quando ele acontece), com a saudade, a carência, porque, se já é difícil manter um relacionamento entre pessoas que se vêem quase todos os dias, imagina só para duas pessoas que mantém contato apenas por telefone, carta e internet? Tarefa nada fácil no meu ponto de vista.
Quando o sentimento tem que acontecer, ele simplesmente acontece, sem hora, lugar ou data marcada e, só cabe a quem sente decidir o rumo que isso levará.
Eu não só sei, como convivo com pessoas que mantém um relacionamento a distância, e confesso, as vezes vejo mais sinceridade neles do que em muitos relacionamentos de pessoas que convivem dia pós dia juntos e não sabem nem a metade do que se na vida um do outro.
Mas, acredito que o complicado mesmo é conseguir manter um relacionamento, não perder o foco, não desanimar e acreditar que um dia a situação irá mudar, é, tarefa nada fácil conviver com a incerteza do encontro, as vezes ambos decidem até seguir o caminho longe um do outro, mesmo sabendo que o sentimento que existe entre eles é o mais sincero e verdadeiro, decidem cada um tomar um rumo diferente só para não viverem na agonia e incerteza do 'amanhã'. É difícil, não só acredito como sei que é. Por isso é que são poucos os relacionamentos a distância vão para frente, até porquê, quero ver quem é a pessoa que vive com 100% de foco e certeza de que um dia as coisas irão mudar.
Então, não tem essa de que "o que os olhos não vêem o coração não sente." pelo contrário, ele pode sentir muito mais do que se estivesse vendo e convivendo, e no mundo em que vivemos, dizer que isso é algo impossível, pera lá né, NA-DA é impossível quando se existe força de vontade para tentar, seguir em frente e acreditar.
Então, esqueça o que vão dizer ou pensar, se for algo da sua vontade, TENTE, lute, cuide e corra atrás daquilo que é importante para você e acredite, isso é questão apenas de princípios e para começar, basta apenas a força de vontade para tentar, a  para acreditar e o sentimento para conseguir seguir em frente.

Recomeço;


Olá.
Não sei se alguem ainda costuma frequentar meu blog, até porque passei longos 6 meses ausente.
Motivos? Inicialmente até teve um mais com o passar do tempo fui encontrando vários motivos para tal ausência.
Seis meses são exatamente 183 dias, tempo suficiênte para muitas coisas acontecerem, tempo em que eu me redescobri, me conheci, mudei, amadureci, entre outras coisas.
2011 não foi um ano muito fácil, passei por grandes provações, enfrentei tempestades que pareciam não ter fim, mas pelo contrário, eu superei, eu venci todas elas e hoje continuo de cabeça erguida.
Nesses seis meses perdi um amor, alguns pessoas que se diziam amigas, chorei muito, ri, amei, sonhei, briguei, bebi, beijei, odeiei, cai, levantei, viajei, brinquei, enfim... vivi.
Anteriormente postava no blog somente sobre coisas que eu estava passando e sentindo no momento, coisas minhas, mais agora acho que meu foco mudou um pouco. Confesso que ultimamente senti saudade de escrever, de dividir minhas coisas e meu 'mundinho' com alguém, não que eu não tenha com quem fazer isso, tenho sim. Sou de poucas amigas, poucas no sentido de contar e dividir tudo, tenho incontáveis colegas, isso é fato, mais as poucas amigas que tenho não preciso nem contar quando estou mal para que elas possam perceber isso, rs
Gosto de escrever, na verdade acredito que essa seja a melhor maneira que tenho de me expressar, no dia a dia sempre fui meio 'fechada', reservada para certos tipos de conversa, mas... ultimamente isso até que tem mudado, ando sem 'papas na língua', falo o que acho necessário, digo o que penso sobre certos assuntos e não merço palavras, afinal, do que adianta eu sofrer calada? Ninguém tem uma bola de cristal pra deduzir o que to pensando, então, digo de uma vez.
Resolvi reabrir o 'livro' e continuar a escrever essa história;
Enfim... aos poucos vou me adaptanto novamente a vida de escrever e compartilhar idéias!

um Beijo, Helly.
 ;*

14 de jun de 2011


Hoje eu acordei diferente, sem motivo nenhum eu acordei feliz, com uma segurança enorme aqui dentro de mim. As coisas não estão fáceis mais que graça teria a vida se eu desistisse no meio do caminho? Eu não sou assim, pelo pouco que conheço de mim, eu sou forte, batalhadora e guerreira, sempre acreditei em finais felizes mesmo que as vezes tudo prove ao contrário eu não posso desistir e nem vou desistir, porém, não vou tentar, não agora. Só estou tirando um tempo pra mim, eu preciso disso. Eu quero cuidar de mim, quero me encontrar, encontrar meus objetivos, quero me focar, me concentrar. Eu estava frustrada, cansada, triste e estressada, eu sabia do que estava sentindo, mais escondia o motivo porque na verdade o motivo era eu mesma. 
A verdade é que hoje eu acordei gostando mais de mim, acordei com vontade de ser feliz, de viver e fazer acontecer ao invés de só esperar acontecer.
Como dizem os sábios "tudo é questão de tempo pois ele sim é o melhor remédio..." então, que o tempo faça o melhor por mim porque HOJE eu só quero VIVER.
Chegue de ficar em casa, chega de lágrimas, não vou mais deixar o vida passar por mim, vou viver e aproveitar cada segundo que a vida me proporcionar, fases ruins nunca me derrubaram e não vai ser agora que elas irão me nocautear. O tempo vai saber o que fazer e quando fazer, então, vou colocar aquele sorriso no rosto, e seguir em frente. Porque hoje eu sou apenas uma garota em busca de diversão.

2 de jun de 2011

eu to cansada,

cansada de ser ignorada, cansada de ignorar o meu sentimento. Estou me odiando, me odiando por tudo, por falta de coragem. Quero desabar em lagrimas, mais tenho medo, pois elas podem ser lagrimas fatais, lagrimas de sangue, talvez. Porque meu Deus, por quê? Se nos amamos tanto, se nos queremos tanto, porque não á coragem de ambos para assumir esse sentimento? É tão belo, mais quando se é guardado, ele se torna terrivelmente escuro, talvez um buraco negro, que suga todas as nossas forças, até não agüentarmos mais e cairmos no chão. E se cairmos, será que vamos nos ajudar? Eu estou decepcionada. Eu não deveria, não deveria fazer nada por impulso, mais eu mesma não me ouço. Arrependo-me amargamente, pelas minhas palavras frias, minha falta de compaixão. Estou me arrependendo agora, por estar me culpando. Eu não sou á culpada, nós dois é que somos. Mais agora o que eu posso fazer, correr e gritar atrás do que eu quero, o meu objetivo? Você é o meu objetivo, mais está difícil de alcançar.

30 de mai de 2011

Passei a minha vida toda sendo 'manipulada', tudo sempre foi como e quando os outros queriam e não quando eu queria.
Eu cansei, cansei das pessoas fazerem de mim o que querem, cansei de ser tratada como se eu não tivesse sentimentos, onde as pessoas falavam comigo quando queriam, me tratavam bem quando queriam, me amavam quando queria e depois simplismente me dizia que acabou, cansei de perder coisas e pessoas em que eu amei/amo intensamente, cansei de só mais uma no mundo, cansei de chorar sozinha, rir sozinha e sentir sozinha, cansei de contar quantas vezes eu precisei de alguém nos momentos difíceis e me encontrei sozinha, cansei de ouvir e nunca falar, cansei de passar a minah vida toda na ância de tentar acertar e mesmo assim errar tanto, talvez se eu não vivesse tentando acertar eu faria certo uma única vez, cansei de promessas quebradas, sorrisos passageiros, palavras mal ditas.
Aprendi que demoram dias, meses ou anos pra alguém conquistar o seu amor e apenas um minuto pra jogarem ele fora como se fosse lixo.
Eu to cansada das pessoas me procurarem apenas pra tirarem algo de mim, to cansada de tentarem o que eu tenho de melhor que é o meu sorriso, me tire tudo, menos ele pois dependo dele pra viver e pra acreditar em um amanhã melhor.
Eu to no meu limite, eu to cansada, eu to triste e ninguém ver isso, todos fige que veem quando na verdade não sabem de NADA. Se não for pra ficar sempre ao meu lado, não me prometa e nunca diga que será pra sempre, foi quando acaba só eu sei o quanto me machuca, se não for pra ser só me deixe iir, mesmo que eu sofra e que doa mais que qualquer coisa, me deixe ir, por mim e se não for, que fique ao meu lado a todo e qualquer momento, pois eu preciso de você mesmo que você não veja isso .

24 de mai de 2011

amor

Será que amar é mesmo tudo ? 
Dizem que o amor é a base de tudo e hoje , com tudo que está acontecendo eu me pergunto se isso é realmente verdade , porque infelizmente não acredito tanto nisso . 
Se amar é a base de tudo porque as pessoas usam essa pequena frase por motivos tão banais , porque as pessoas falam que amam apenas por falar quando no fundo o máximo que sentem é atração . 
Não diga 'eu te amo' se realmente não for amor, só use essa palavra quando for realmente real, só diga se tiver "Te amo" é uma palavra tão complexa, mas ao mesmo tempo tão especial de dizer, costumo comprara esta palavra com um beijo romântico, quente, sexy e agressivo aquele mais especial que marca você onde nem um outro pode substituir."
Se for amar que seja da forma mais intensa que puder, demonstre e mostre esse sentimento tão especial o máximo que puder, curta, vida e sinta isso como se fosse o último pois se um dia chegar ao fim saberá que amou  intensamente e que não tem nada do que se arrependa.